quinta-feira, 7 de abril de 2011

Hoje não me apetecia andar em bicos de pés


As palavras saem rápido como se não tivesse tempo para pensá-las.
Não faço esforço. Mas não gosto da maior parte delas.


Hoje não me apetecia andar em bicos de pés.


Gostava de poder ser escritora.



Gostava de poder dar, a todos, cartas de amor. Dessas que arrebatam.
As mesmas que nos obrigam a ter que recuperar.


_E se eu fosse puta...Tu lias?_

2 comentários:

Pingalouca disse...

Parabéns pela forma que escreves e partilhas as tuas ideias, pensamentos...

mitro disse...

Dá!

(Depois alguém fará a triagem...)