terça-feira, 10 de agosto de 2010

À prova de balas

11 comentários:

Kapikua disse...

Boas!

logo hoje que tinha munições carregadas, prontas a disparar, tens o estaminé nesse estado...

Tenho saudades de ler-te os textos coloridos e esvoaçantes...
espero que esteja tudo a correr-te pelo melhor

Beijo enorme

Rafeiro Perfumado disse...

Tá viva, tá viva!

lua prateada disse...

Oi linda passei para uma vizitinha deixando um raio de luar para ti...
Beijinho

SOL

João52 disse...

Por vezes por mais que queiramos demostrar o contrario a vida obriganos a ser a prova de bala, para podermos suportar tudo o que nos avisinha durante esta vidinha mediucre...

Saudações Poéticas...

Pelos caminhos da vida. disse...

Nossa qto tempo não vinha aqui, estava com saudades de vc.

Tudo bem?

Bom domingo.

beijooo.

Oficina Cultural disse...

Contudo a saudade não passou! Voltarei com mais energia!

Beijo no coração!

Valquiria Calado disse...

Um tempão longe, saudades, bom fim de semna, beijos.


Na emoção se sair do casulo
no colorido que dei ao sonho
nas formas geometricamente coloridas das asas
no brilho cintilante que deixei no ar:
Havia amor, paixão, deslumbre...encanto!

Vieira Calado disse...

Oh, amiga!

Que tem feito?

Deixou o blog?

Beijinhosss

dragao vila pouca disse...

Não, não te livraste de mim. Não te tenho dado a importância que mereces, mas não é por mal, apenas por falta de tempo - desculpa esfarrapada, mas não encontro outra.

Beijinhos

Kapikua disse...

BEIJO ENORME E FELIZ NATAL!!!!!

Miss u por estes lados!

Cão Sarnento disse...

Ai eu cá também sou assim... sempre em volta da balança, a verificar as medidas e isso (true story).