quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Loucuras à flor da pele!


Sarava


Louco. O sujeito apaixonado é atravessado pela ideia que está ou vai ficar louco.
(Barthes)


Por falar de loucuras. Mas alguém é capaz de me explicar porque é que existem pessoas que dobram cuecas (e, antes, passam-nas a ferro)??

Após um domingo de há umas semanas, fiz (este “fiz” significa os louros que eu me estou a dar, porque, de facto, que fez foi a tal Joana) uma dolorosa arrumação ao meu armário verde alface/azeitona. E numa das gavetas forradas com umas divisórias esquisitas e modernas, daquela grande loja que tem tudo e mais do mesmo no que toca a mobília e seus adjacentes, guardaram-se as várias cuecas. Claro que não vou descrever aqui a minha lingerie, apenas adianto que há desde o boxer, à tanga e, até mesmo, à cueca de quase avó (estas últimas servem apenas para dormir e sozinha, ok?!).

O importante é esclarecer que não consigo entender a mania de se dobrar o raio das cuecas de uma forma xpto, que não se mantêm naquele jeito por mais de 3 segundos e que não há maneira de eu conseguir atinar em fazê-lo. Note-se que mesmo as cuecas quase de avó não são assim tão grandes que encorrilhem se não se dobrar…e caso acontecesse, mal se ajustam ao corpo (ou ao rabo) deixam de se notar quaisquer vincos mais evidentes.


Posto este meu manifesto/dúvida, aproveito para vos espantar (se é que ainda é possível) com a minha manhã no trânsito. Não é que hoje mesmo, já quando a manhã acabava, ia eu de carro (o mesmo de há 4 anos), na cidade periférica e pequena onde vivo há pelo menos 15 anos, no cruzamento que faço todos os dias….
E… Em vez de parar atrás do carro escuro que me sucedia diante o semáforo vermelho aceso, não… decido ultrapassa-lo e imaginar que estava à minha frente parado para qualquer coisa (que não tive tempo de imaginar). A parte mais impressionante é que depois do carro escuro estavam mais uma dezena de outros carros que também não tinham parado na berma da estrada, mas sim que aguardavam o sinal verde. Salvaguardo um pequeno detalhe, o de que a estrada tinha dois sentidos e não era muito larga…

Conclusão fez-se-me luz, de repente (durante a ultrapassagem, talvez por não poder conclui a manobra de imediato como o previsto), e, enquanto esperava que a fila começasse o percurso para eu entrar de novo na minha mão, estive a ouvir umas buzinadelas que vinham de todas as direcções, a absorver uns olhares de descrédito e ainda umas expressões confusas.

Salvei-me.

_E se eu fosse puta…Tu lias?_


p.s.- Obra da performance "O Estendal" de Filipa Guimarães

17 comentários:

Marília_dosAnjos disse...

Rir pacas... Imaginando a situação você "cortando" a fila no semáforo, rs*

Adoro a tua escrita. Tão estiloso como escreve!

Beijinhos =***
PS.: A 1ª vez a gente nunca esquece!

Rafeiro Perfumado disse...

E foram bem merecidas as buzinadelas. Dá-te por contente em não te terem tirado do carro e puxado as cuecas da avó até chegarem ao pescoço! ;)

Beijocas!

*Adriana* disse...

rsrsrs....adorei!!

Maluca beleza!! A começar pelo nome do blog.

abçs

Val Du disse...

Você é muito engraçada, dei muitas risadas c/ esse post.

Muito bom!:)

Beijos.

Fábrica de Letras disse...

O desafio da Fábrica de Letras está lançado!
Para o mês de Novembro, o tema será "Preto e Branco".
Para participar basta escrever um texto sobre o tema proposto e inscrever-se no link que estará à disposição no nosso blog, no dia 15 deste mês.
Podem ser usados textos,poemas, desenhos, pinturas, contos, fotos ou vídeos.
Participa, divulga!

Cadinho RoCo disse...

Não dê importênxia às mazelas do trânsito e nem tão pouco aos caprichos das peças íntimas. Viva sua vida em paz e na certezas de que se fosse puta eu leria o que escreves com o emsmo prazer, ou quem sabe até mais. Simn, porque há sensualidade em cada palavra cunhada em suas publicações e comentários também.
Cadinho RoCo

lua prateada disse...

Oi amiga ...eheheheh só tu para me fazres rir, passar cueca para dobrrar mas á gente assim mesmo acham que isso é a vida e olha sabes que até são felizes ehehehe
Beijinhos com muitoooooooooooo

SOL

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Nuca percebi a razão de as cuecas se chamarem assim... Se toda a gente tem pudor em dizer cú, substituindo-o pela palavra rabo,então essas peças de roupa deviam chamar-se rabecas e não CUecas

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma semana de muitas realizações.

beijooo.

Kapikua disse...

PARABÉNS A VOCÊ....
.........
Muitos anos de vida!!!!

BEIJO

Reino da Fantasia disse...

rsrs...Muito bom!
eu não leria se você fosse freira...bjs

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Gracias Kapikua!

Deusa Odoyá disse...

Olá minha querida amiga.
Adorei seu texto.
Muio obrigdo por sua visita ao meu cantinho.
Uma semana de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces, minha amiga.
Regina Coeli.

Antonio saramago disse...

Então e isso mostra-se assim ? A fazer uma tesão doida!!!

Carla disse...

uiiii que grande confusão que ias armando no trânsito
beijo

Deusa Odoyá disse...

Oi amiga!
Passei para lhe desejar uma semana abençoada para vc.
muitas realizações e paz.

Beijinhos, amiga.
Regina Coeli.

soggyscheme disse...

adorei a fotografia!!!