segunda-feira, 23 de março de 2009

a maria que há em mim


Sarava.

No meio dos “e se”, com mais ou menos putisses, voando alto ou quase caindo, sinto-me dormente. Todo o meu corpo está dormente. Até a voz e o coração.


Não consigo seleccionar-vos coisas cómicas dos meus dias. Se calhar perdi-as sem saber. E hoje, e ontem, não tenho risos nas palavras. As cores são todas apagadas, sem vida.


E se quiserem uma razão, também não tenho para vos dar.

Parece que me tornei invisível. Há sempre duas pessoas que vão reparando, mesmo assim, pouco.

Sinto-me tão cheia que pareço vazia.

E é isto, a pessoa que vos escreve as peripécias que voam em tons de arco-íris, é vulgar.

- Tem se sentido triste?

Não sei. E como diria o meu tão confidente Régio, “Não sei por onde vou”.


E poderá ser isto uma interrupção???


Entretanto, tranquilizo-vos: estou com o período.


Ah... estou cansada do nome Maria! Tudo é Maria!! São as bolachas, as virgens, as revistas, os hospitais, as santas, os teatros, as discotecas... Enfim, que falta de originalidade! Mais a mais eu também tenho um quê de Maria...


_E se eu fosse puta...Tu lias?_


p.s.- "Passa Tudo" de Luís Melo, 160x160cm, acrílico s/tela

20 comentários:

Canto Definido disse...

Pois eu não ando menstruado e só de ler isto dá-me vontade de chorar, também estou farto do meu nome, mais vulgareco que "PUTO DE CHAPÉU e a Heidi", blarggg...

Cláudia disse...

Tens desculpa então...tás com o periodo :)

MRPereira disse...

Acabado o período quero aqui o relato, gota a gota, do que se passou!

Combinado?

Antonio saramago disse...

O QUE NÃO FALTAM SÃO PERIODOS!!!
Mas que raio de coisa foram buscar.
Amiga, antecipaste-te no post, meti água , ainda nãso estava feito
agora já está...

Canto Definido disse...

Pois eu também gosto deste "bolo", sobretudo do recheio e do desenho no topo...

Talvez te sintas dormente pelas tentativas consecutivas para apagares as velas que teimam em permanecer acesas ;)

(se o que digo não faz sentido, é porque serve unicamente para corromper a vulgaridade do nome, as doses contínuas de cafeína tornaram-se insuficientes :)

Palma da Mão disse...

Querida pensa que como tudo na vida passa, e tens todo o direito de não estares bem, fecha simplesmente os olhos, e descansa no colo do teu saber, pergunta à vida por ti, e Maria é um nome que te tão ùnico se torna belo e sublime, esquece as bolachas...
Beijinhos
Liliana

Canto Definido disse...

Isto do Instant Messaging dá sempre falta de sincronismo ;)... acabo por ler a cada mensagem enviada "Não foi possível entregar a seguinte mensagem a todos os destinatários"

Papoila disse...

Olá Vizinha:
Adoro a música que toca... pois, isso passa...
Beijos de Maria (A Papoila) para Maria (a que voa!)

dragao vila pouca disse...

Não vás por aí pequena...Porque não falaste no teu papá? Sempre era melhor que falares em período ou em Maria, porque tu de Maria, só se for rapaz!

Beijinhos Maria...ana

LORENZO MONSANTO disse...

Quem não se sentiu já assim?
É o cinzento dos dias que consome. E de onde vem? Não sei. Do cinzento, único que se mistura com o cinzento.
As Marias de Portugal. Quem não tem também, o seu quê de MAria?

E tu? Para onde vais? Esta pergunta é a "Maria" que podes evitar..
Caminha, mesmo que não saibas para onde. O coração sabe para onde ir...

Salve Jorge disse...

Então saiba, Maria
Que se fosse puta
Eu lia
E que se fores à luta
Eu aplaudiria
E mesmo se tudo refutas
Em ti eu apostaria
Porque tens magia, Maria
E sendo você
Estaria tudo à tua mercê
Só você que não vê
Maria
Que tudo pra ti se coloriria...

Rafeiro Perfumado disse...

Já estava para te mandar dois estalos, tu que és um poço de alegria com um discurso desses? Safaste-te à rasquinha...

Beijoca!

as velas ardem ate ao fim disse...

Mais a mais eu também tenho um quê de Maria...
Todas temos!

um bjo

Gilbamar disse...

São esses momentos da vida que nos leva a enveredar por tanta melancolia e a querer que tudo se transforme, e que as mudanças aconteçam para nossos ânimos se recuperem. Todos passamos por isso, é inevitável.

Fraterno abraço do amigo Gilbamar.

o que me vier à real gana disse...

Pois tá claro: apenas uma fase... curta mas repetível!
Bom!

Anónimo disse...

Não, não te lia.


E se eu morresse de insónia, levavas-me flores?!

Só quero brancas, frésias, de preferência...

Beijocas. Passo amanhã.

Fátima disse...

Mas,mas,mas...acho que me enganei de blog...eu gostava de saber o que foi que a sra fez á sempre bem disposta e divertida,escritora deste blog, que deixa a todos encantados comm as histórias ilariantes.


Beijocas grandes!!!

ลndreia disse...

Vai haver mudanças, certo? *

Rain Sister disse...

Deixa estar que Marias há muitas mas as Anas não lhes ficam atrás, então na década de 70 foi cá uma carrada.
Beijocas

Angelina Sá disse...

SE fosses puta eu lia Maria.....pork gostei do k li. beijokas